Decorreu na Universidade de Aveiro, no dia 18 de julho, mais uma discussão, promovida pelo Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. Levantou desta vez muitas dúvidas quando abordou o direito a pedir para morrer, por parte de pessoas com demência ou com tendências suicidas.
Outra das questões debatida aconteceu à volta do que é o sofrimento intolerável que pode levar alguém a pedir para antecipar o momento da morte
Aqui fica um resumo alargado do debate na Universidade de Aveiro.

O debate sobre eutanásia e suicídio assistido está a fazer-se por todo o país. É uma iniciativa do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida que a TSF acompanha. E vai continuar, depois de uma pausa para férias, a 12 de setembro, na Covilhã.

Dora Pires, TSF